segunda-feira, 28 de novembro de 2011

CORRIDA MALUCA (A fórmula 1 das Coisas de Florânia )



Pelo Especialista “Coisinha Umbeleme”


Neste Domingo, aconteceu a última corrida da temporada de  Fórmula 1 2011 e ai fiquei imaginando como seria as eleições das coisas de Florânia comparadas com uma corrida automobilística. Desta maneira poderíamos posicionar os pilotos-candidatos ou candidatos-pilotos na seguinte ordem no grid de largada:



CANDIDATO -PILOTO RUBENS BARRICHELO: É aquele piloto que já deixou a pista várias vezes, mas sempre volta, o que de certa forma tem causado uma certa insegurança no seu público que por sinal  espera que o carro embale de vez e vá até o final da temporada.



CANDIDATO -PILOTO FELIPE MASSA: Defende a ideia do ecologicamente correto, tem um bom carro, ainda sente falta de uma parceria com uma equipe de peso no cenário, já que a sua ainda está verde em busca do amadurecimento.



CANDIDATO -PILOTO SCHUMACHER: Quando o público pensa que ele está aposentado, seu nome ressurge das cinzas e impõe respeito aos outros pilotos.


 

CANDIDATO -PILOTO NELSON PIQUET: É um grande piloto, tem um leque de admiradores do passado e do presente, mas que por ter uma “expressão fechada” para alguns, acaba não agradando a todos na equipe.


 

CANDIDATO-PILOTO  BRUNO SENA: Demonstra ter uma boa habilidade na administração do seu carro, para os especialistas não tem experiência na direção de grandes equipes, há não ser como piloto de testes.


 

CANDIDATO -PILOTO HAMILTON: Apesar de já ter conquistado grandes vitórias e até títulos em outras categorias, é considerado por muitos como o piloto “falastrão”.


 

CANDIDATO-PILOTO  GALVÃO BUENO: É bem conhecido na mídia, parece entender muito bem do assunto apesar de só treinar em circuitos virtuais.


 

CANDIDATO -PILOTO VETEL: É o atual campeão, entrou pra história como o mais novo piloto a conquistar o título, tem a preferência da equipe, mas ainda não mostrou claramente quais são suas pretensões para a próxima temporada.


 

CANDIDATO-PILOTO  LUCIANO BURTI: É aquele que já tem experiência no meio, mas não conseguiu uma vaga de piloto principal da equipe e agora passa a atuar como comentarista da categoria.


Diante deste quadro, ainda é muito cedo para se apostar no futuro campeão já que a disputa está apenas nos bastidores. Lembrando que a fusão de uma ou mais equipes pode acontecer a qualquer momento o que deverá deixar  mais emocionante a competição.

O texto e as imagens deste post, foram criados com fins unicamente de entretenimento e portanto não correspondem a realidade dos fatos.

Postagem: Domingos Toscano

Nenhum comentário:

Postar um comentário